31 de Julho de 2017

Brewbar – Fomos conhecer mais um barzinho em Niterói

Sabe quando você fica louca para dar uma volta? Na quarta-feira liguei para uma amiga, para a minha mãe e combinamos de conhecer o novo barzinho de Niterói – Brewbar Cervejas Artesanais. Apesar de não estar bebendo, continuo podendo comer e também jogar conversa fora. E quando estou com vontade de fazer isso, ninguém me segura!

O Brewbar é um barzinho que abriu recentemente com uma proposta de trazer diversas torneiras de chopes artesanais, petiscos diferentes e muito gostosos. Amo novidades e desde a inauguração, estava doida para conhecer.

Logo que chegamos eu vi que Vinicius ia curtir, pois eram oito torneiras de chope e no cardápio das cervejas, tinham duas APAs, que é um estilo que Vinicius tinha acabado de fazer em casa – sim, meu marido é cervejeiro de panela <3 . Sabia que ele ia querer provar. Não demorou muito e ele apareceu por lá com a Valentina.

É claro que fiquei com água na boca enquanto eles degustavam as cervejas – para quem quiser provar todos, eles também oferecem uma opção de degustação em tamanho menor, que podem vir quatro ou os oito chopes – e vou precisar voltar depois que a Julinha nascer. Eles informaram que os chopes não são permanentes. Sempre que uma torneira acaba, eles possuem já uma fila e trocam por outro barril, de uma marca diferente. Ou seja, não vai faltar cerveja diferente para experimentar.

De petiscos nós resolvemos experimentar algumas opções do cardápio. Para começar, como cortesia eles trouxeram uma batatinha calabresa que estava divina!! Depois, pedimos uma carne com molhinho de cerveja, acompanhada de uma cesta de pães. Estava bem gostosa. Para acompanhar a carne, pedimos uma porção de batata rústica, que estava uma delícia!

Minha mãe resolveu pedir também o “Bolinho de arroz metido a besta”, que era um bolinho de arroz branco recheado com mix de cogumelos reidratadas em cerveja Schwarzbier, salteados na manteiga com salsinha, servido com molho teriyaky da casa. Esse eu não provei, mas eles disseram que estava bom demais. Não tirei foto, mas achei uma “oficial” no Facebook do Brewbar.

Para finalizar as gordices, Vinicius resolveu pedir também para experimentar a “batata IPA”, que era uma batata rústica marinada em cerveja IPA por 12 horas e temperadas com sal da casa, acompanhada de maionese de wasabi. Ele e minha mãe gostaram, mas eu preferi a mais simples, que era com alecrim.

O cardápio ainda tem opções de sanduíches – que eu fiquei com a maior vontade de experimentar – e outros petiscos diferentes, como o bolinho de língua defumada, empanada com farinha de malte, servido com molho cítrico de Witbier. Eles disseram que esse bolinho de língua já é um queridinho do cardápio, mas como eu nunca comi língua – e torço o nariz só de pensar -, não me animei para provar esse. Mas Vinicius já disse que quer voltar para isso e que deve ser muito bom. Vamos ver se eu vou ter coragem também!

Enquanto ficamos lá, ficou tocando música em uma altura perfeita – nem muito alto nem muito baixo – e uma playlist maravilhosa!! Li na internet que eles também estão apostando na música ao vivo. Então, vale a pena ficar de olho no Facebook do Brewbar para acompanhar a programação. Gostamos bastante do lugar, dos petiscos e do atendimento. Esperamos voltar mais vezes para provar as outras opções do cardápio. É claro que Vinicius vai querer experimentar os novos chopes e depois que a Julinha nascer, eu também vou!! =) Recomendamos o novo barzinho para todos vocês! O BrewBar fica na Lopes Trovão 448, entre as ruas Geraldo Martins e João Pessoa.

Veja mais posts sobrebar brewbar gastronomia Niterói
14 de Julho de 2017

Quadrucci – Delicioso restaurante no Leblon

Outro dia fomos conhecer o restaurante Quadrucci, no Leblon. Na verdade, saímos de Niterói ainda sem destino. Tínhamos pensado em conhecer um tailandês, mas no meio do caminho nós mudamos de ideia e decidimos escolher um entre os que o Guia Michelin indicava. Oh, dúvida cruel! Eram tantos nomes, tantas possibilidades… Resolvi dar uma olhadinha rápida em alguns deles pelo Google e depois de ver o Quadrucci sendo elogiado por vários blogs, decidi que seria uma boa opção.

A Dias Ferreira é uma ruazinha do Leblon cheia de opções gastronômicas. Antes de entrar no restaurante, resolvemos dar uma voltinha por lá até para saber quais outros pensaríamos em conhecer depois. A lista aumentou bastante.

O Quadrucci é um restaurante aconchegante e bonito. Descobrimos que como era dia de semana, eles serviam as opções do cardápio com preço de almoço executivo. Hummmmm… Que maravilha! Pagamos 79 reais cada um e comemos entrada, prato principal e sobremesa.

De entrada Vinicius escolheu uma opção com atum e eu escolhi mini crostinis – que eu sempre amo e não tem muito erro.

Quando eu era fresca para comer, só gostava da tradicional de tomate e manjericão. Mas depois que resolvi abrir a cabeça e experimentar de tudo um pouco… Passei até a ser mais feliz! Risos! Essa de cogumelos com alho poró estava DIVINA!!!

O atum selado (Atum selado em crosta de pimentas com guacamole e coulis de tomates doces) de Vinicius me deixou com água na boca, mas como não posso comer nada cru, por causa da Julinha, tive que deixar para uma próxima visita ao restaurante. Mas pela cara de Vinicius dava para ver que estava delicioso!!

Para a refeição principal eu escolhi um Taglioline ao molho de mascarpone e limão siciliano com camarões grelhados. MEU DEUS DO CÉU!!!!!! Para início de conversa, acho que foi a primeira vez que comi uma massa com o camarão grelhado e temperadinho como esse estava. Normalmente, os camarões são preparados juntos com o molho da massa e não ficam na textura e sabor que esses estavam. Além disso, o mascarpone também deu um toque totalmente diferente dos sabores que eu estou acostumada. Fiquei encantada!!! O prato era tão bem servido que foi difícil comer tudo sozinha. Impossível, na verdade. Mas como o prato de Vinicius tinha sido mais levinho, ele acabou aproveitando um pouquinho do meu no final. Risos.

A opção do Vi foi o peixe do dia com molho de uva e amêndoa acompanhado de palmito, shitake, batata doce, berinjela, abobrinha e tomate grelhados. Ele curtiu bastante, mas não seria um que eu pediria. principalmente com tantas outras opções mais suculentas no cardápio. Infelizmente, vou ficar devendo a foto do prato dele, pois acabamos esquecendo de tirar.

Para a sobremesa, Vinicius escolheu um verrine de cheesecake com biscoito de amêndoas e calda de framboesa e eu optei por um Fondant de chocolate belga em biscoito crocante com morangos frescos.

Mais uma vez, o meu prato foi a estrela, pois acabamos esquecendo de fotografar a sobremesa do Vi. Mas nesse caso, os dois estavam maravilhosos e lindos! Não sei dizer qual foi o meu preferido. O verrine tinha aquela cremosidade do cheesecake, com um docinho da calda de framboesa na medida certa. E o meu… Quem não ama chocolate com morango?! Essa combinação é perfeita!!

Saímos do Quadrucci totalmente satisfeitos e com a certeza de que vamos voltar muitas outras vezes para experimentar as outras opções do cardápio. Gostamos muito do preço, atendimento e das opções diferentes e deliciosas do cardápio. Ah, dá para você conferir o cardápio pela internet também. Tanto os preços, quanto os pratos que eles oferecem por lá. Fica a dica. Esse é um daqueles que vale a pena conhecer e repetir.

Veja mais posts sobre Leblon Quadrucci restaurante restaurantes rio de janeiro