19 de Fevereiro de 2017

Desespero Literário

Hoje de manhã eu entrei no Facebook e me deparei com uma postagem da minha amiga escritora Carol Estrella dizendo que a Amazon estava com vários livros em promoção. Ainda cheia de sono, lá fui eu dar apenas uma olhadinha no que estava com preço bom. E aí começou o meu desespero literário. Vários dos títulos que venho namorando estavam por menos de dez reais. Como resistir? Impossível.

E aí bateu um desespero literário ainda maior. Olhei para a minha estante e me deparei com livros que comprei nas últimas Bienais e que ainda não tive tempo de ler. Peguei meu Kindle e comecei a analisar a minha biblioteca. Meu DEUS!!! São tantos livros que tenho e que ainda não li. E existem tantos outros que eu sinto uma vontade enorme de reler. Como resolver isso?

Vocês também ficam nesse desespero? No mesmo instante, como forma de diminuir a minha culpa de Becky Bloom dos livros, peguei um livro que comprei há mais de cinco anos, deitei no sofá e comecei a ler. E aí a culpa foi passando.

Com tanto trabalho, planos, projetos… Fica difícil ler na velocidade que eu gostaria, mas já coloquei como meta me esforçar um pouco mais. Já estou melhor que no ano passado. Estou conseguindo ler mais de um por mês, o que já é ótimo, pois não estava conseguindo nem isso.

Essa é a parte chata de virar adulta, de ter responsabilidades e contas para pagar (risos!). Não dá para ficar um dia inteiro mergulhada em histórias… Mas esse ano eu vou ler mais e espero conseguir colocar a fila de livros comprados – que só cresce – para andar numa velocidade maior. Esse desespero literário precisa melhorar. São tantos livros maravilhoso que tenho para ler, que isso me deixa tensa. O mesmo acontece com vocês?



Veja mais posts sobredesespero literário leitura livro livros