22 de Julho de 2016

Famosos da Web – Netflix

Todos os dias eu olho o que tem de novo na Netflix e quando vi Famosos da Web como novidade no catálogo, fiquei em dúvida sobre assistir ou não. O filme tem apenas três estrelinhas nas avaliações, mas acabei decidindo ver mesmo assim. Ainda bem.

Famosos da Web se classifica como uma comédia e a história é sobre cinco celebridades da internet que disputam um grande prêmio: sua própria série de TV.

No início, achei que seria bem idiota e quase parei de assistir, mas depois que resolvi dar mais alguns minutos de chance para o filme, acabei me encolhendo mais e mais no sofá. Apesar de ser uma comédia e de ter elementos bem bobos, trata da realidade que vivemos hoje e que nem mesmo nos damos conta – por isso eu fui me encolhendo no sofá.

famosos da web

O filme mostra o que os cinco Famosos da Web fazem no Youtube para ter uma quantidade gigantesca de fãs e de visualizações. Fiquei pensando em como viramos fãs nos dias de hoje – e eu me incluo nisso – de pessoas que simplesmente resolvem pegar a câmera para gravar alguma coisa. A cada personagem do filme, ficava tentando pensar em como vários Youtubers brasileiros também se encaixam perfeitamente naquelas características.

São tantas pessoas vazias, pegando suas câmeras e ganhando rios de dinheiro para fazer uma tonelada de coisas sem sentido na internet. Dancinhas que se transformam em viral, Youtubers que mostram dezenas de coisas caras que compraram, futilidades e mais futilidades,  bobeiras sem sentido que ganham milhões de fãs, exposição de criancinhas… É só entrar no Youtube para encontrar centenas, ou talvez milhares de pessoas que não trazem conteúdo nenhum, apenas bobagens.

Outro dia mesmo eu estava vendo as novidades – pelo menos para mim – no Youtube e descobri um garoto que grava vídeos totalmente toscos com amoebas (?). E para a minha surpresa, ele tinha milhões de visualizações e inscritos no canal. O negócio era tão ruim, que não dava nem para ver e entender qual era a graça no que ele fazia.

É claro que não são todos os Youtubers que são ruins, longe disso. Eu continuo vendo o Youtube como uma espécie de TV por assinatura, com milhares de canais. Assim como acontece na televisão, lá também existem diversos programas ruins.

Mas assim como a Globo.com publica que a Gracyanne ficou horas com o intestino preso apenas para ganhar mais cliques, diversos Youtubers fazem as maiores idiotices na frente da câmera, apenas para ganhar mais audiência. E é dessa maneira que o que é ruim vai aumentando de tamanho cada vez mais rápido e – o pior – vamos entrando em uma onda de um completo “não pensar”, uma alienação total e acabamos virando fãs desse tipo de coisa – e aqui, graças a Deus, eu me excluo.

Acho que o Youtube é ótimo para quem realmente tem alguma coisa a acrescentar e a dizer. Existem, sim, muitas coisas de qualidade por lá.

Confesso que fiquei curiosa de saber o que os Youtubers vão pensar quando assistirem a esse filme. Será que vão se reconhecer em algum dos personagens e se eles se reconhecerem, será que vão se envergonhar e mudar alguma coisa? Ou os milhões de views e o dinheiro vai continuar falando mais alto?

Veja mais posts sobrefamos da web filme filmes Netflix polêmica Youtube youtuber