24 de Março de 2016

Final de semana em Arraial do Cabo – O que fazer?

Quem não ama viajar? Eu adoro arrumar as malas, colocar no carro (odeio avião) e pegar a estrada para algum lugar que gosto muito ou que não conheço. Ano passado eu e Vinicius aproveitamos as nossas férias para descansar e passear por destinos mais próximos ao Rio. Como eu sei que muitos leitores também amam viajar por aí, vou colocar mais dicas aqui no blog do que fizemos e quais lugares valem à pena conhecer e se hospedar. Vou começar por Arraial do Cabo que é pertinho dos cariocas, mas que não é a primeira opção de destino da maioria das pessoas que conheço quando se fala em Região dos Lagos. O que fazer em Arraial do Cabo?

Eu e Vinicius passamos uma noite por lá. Saímos de casa bem cedinho, já com roupa de praia para poder aproveitar bastante. Deixamos a mala na nossa pousada (Costa Dourada) e fomos para a Prainha, pois logo que chegamos a Arraial passamos por ela e a cor do mar estava tão maravilhosa que eu nem quis ver as outras antes de dar um mergulho nela.

Arraial do Cabo - Prainha 1

A única vez que eu tinha ido a Arraial do Cabo foi quando eu tinha 15 anos e alugamos uma lancha para fazer um passeio por todas as praias, lembro que tinha ficado apaixonada pela cor da água, mas não sei o motivo de nunca mais ter voltado.

Como era meio de semana (se eu não me engano era uma quinta feira) e não era feriado, a praia estava vazia. Eu e Vinicius ficamos o dia inteiro por lá tomando cervejinha, mergulhando e petiscando. Confesso que achei que o serviço do quiosque que ficamos (que infelizmente eu não lembro o nome) deixou muito a desejar.  Mas a delícia daquele mar compensou todo o resto.

Arraial do Cabo - Prainha

Depois de passar o dia inteiro pegando sol e curtindo aquele mar maravilhoso, fomos até o Pontal do Atalaia antes que escurecesse. Gente, o que é aquela vista? É tão, tão lindo que dá vontade de ficar lá, sentadinha olhando o mar para sempre. Não tenho coragem – e nem sei se ainda existe – de fazer a trilha para descer até o mar. Quando eu era adolescente e fui até o Pontal com meus pais e os amigos deles, nós descemos sem problema nenhum, mas na hora de subir eu comecei com o meu trauma de altura. Travei no meio da pedra e não conseguia mais andar nem pra frente nem para trás. O amigo da minha mãe que teve que me ajudar. Então, nem preciso dizer que enquanto Vinicius queria chegar o mais perto possível da ponta da pedra, eu ficava o mais distante, né?

Quando o sol já tinha praticamente se despedido, fomos para a Praia Grande, sentamos na areia e ficamos conversando até anoitecer. Essa praia é cheia de quiosques, mas resolvemos não sentar por lá, pois tínhamos lido algumas dicas na internet sobre um restaurante português que era pertinho do nosso hotel e que estávamos animados para conhecer.

Arraial do Cabo - Bacalhau do Tuga

Assim que escureceu, fomos tomar um banho e nos arrumamos para conhecer o Bacalhau do Tuga. É uma casinha simples – como a maioria das casas na Praia dos Anjos -, mas não se engane achando que vai ser uma comida mais ou menos. Eles têm ótimas opções de cerveja e se eu não me engano, de vinho também.

De entrada a gente pediu o clássico bolinho de bacalhau e de prato principal nós comemos o bacalhau em natas. Os dois estavam sensacionais! Só de lembrar eu já fico com água na boca. O atendimento do restaurante também é ótimo. Confesso que quando penso em voltar para fazer um passeio em Arraial, o Bacalhau do Tuga é tão importante quanto as praias na programação.

No dia seguinte, acordamos cedo e fomos para a Praia do Forno. Gente, sou totalmente apavorada com bichos, altura e trilha. Expliquei isso para a mulher do hotel e ela disse que ainda assim eu não teria problema algum em fazer a trilha para a Praia do Forno. Essa trilha começava bem em frente ao nosso hotel.

Arraial do Cabo Praia do Forno

Acabei confiando no que ela falou e deu tudo certo. Realmente não é nada complicado, assustador ou demorado. Em no máximo 20 minutos – parando para tirar foto e tomar ar, se você não estiver com preparo físico -, dá para chegar até a Praia do Forno. Ainda bem que eu segui a dica da moça do nosso hotel, caso contrário eu nunca teria visto uma das paisagens mais lindas que já vi na minha vida.

Fiquei completamente apaixonada pela Praia do Forno e cheguei a ficar arrependida de já ter reservado hotel em Búzios para aquele dia, pois se eu soubesse antes que aquele lugar era tão lindo, teria ficado pelo menos mais uma noite para aproveitar aquela praia o dia inteiro.

Lá na Praia do Forno, mesmo estando vazia, eles cobram pelas mesas e cadeiras. Não é barato – 20 reais por pessoa. Mas se você consumir acima de cinquenta reais, você não paga mais pelas cadeiras  (não sei como acontece nos finais de semana e no verão). Nós petiscamos lá – infelizmente também não lembro o nome do quiosque – e era muito melhor do que aquele que comemos na Prainha.

Voltamos na hora do almoço e mesmo com o sol de meio dia na cabeça, a trilha não foi complicada. Vocês precisam ir para a Praia do Forno desse jeito, pois só assim terão a chance de ver a paisagem maravilhosa que aquela vista proporciona.

E assim fomos embora de Arraial. Com vontade de voltar para fazer um passeio de barco e conhecer todas as praias lindas que existem na região. Também fez a gente pensar em como temos belezas incríveis bem pertinho da gente e só ficamos babando e elogiando o que está longe, o que é de outro país.

Nosso Hotel

Arraial do Cabo Pousada Costa Dourada

Confesso que foi um pouco complicado achar um hotel em Arraial do Cabo. Entrei no Tripadvisor para pesquisar as opiniões dos hóspedes das opções na cidade e fiquei um pouco assustada. A maioria dos hotéis bonitos tinham críticas muito ruins sobre limpeza de quartos, cheiro de mofo e por aí vai. Quando achei o Costa Dourada vi que não tinham avaliações negativas, que ficava bem localizada e que tinha sido inaugurada poucos meses antes. Achei que seria a opção perfeita.

Gostei bastante do quarto, do atendimento e o café da manhã era bem gostosinho. Voltaria a me hospedar lá com certeza.

Veja mais posts sobreArraial do Cabo comida Hotel Natureza O que fazer praia Praias restaurante Restaurante Português restaurantes verão viagem viagens