15 de Setembro de 2015

Japa Jato – japonês na Barra da Tijuca

Os dias que me hospedei com a escritora Marcia Rubim na Barra da Tijuca para ficar mais perto da Bienal, foram muitoooooooo cansativos. A gente chegava ao Riocentro logo que a feira abria e ficávamos lá até o início da noite. No nosso terceiro dia, estávamos tão doloridas e cansadas que resolvemos ficar em casa e pedir alguma coisa para comer. A vontade era a de cair na cama e só levantar no dia seguinte.

Como estávamos nos alimentando apenas com hambúrguer na Bienal, sugeri que procurássemos um japonês que entregasse lá no apê, que ficava perto do posto cinco. Como nós duas moramos em Niterói e não conhecemos nada por lá, usei o bom e velho Google para tentar a sorte.

 Encontrei o Japa Jato e fui pesquisar as avaliações. Como eram ótimas as recomendações, decidimos pedir de lá mesmo sem perder mais tempo, pois a barriga já estava roncando e o sono também era cada vez maior. Pedimos dois Combinados Salmão – um para cada um – e um Combinado Hot – que iríamos dividir. Eles deram o prazo de entrega de 40 minutos e foram muito pontuais.

Japa Jato

Aproveitei que tinha levado uma garrafa de vinho argentino e abri para acompanhar o Japa. Foi perfeito! A comida estava deliciosa, todas as peças eram saborosas e o salmão fresquinho, cortado do jeitinho que eu amo, fez com que tudo fosse maravilhoso.

Infelizmente não tínhamos televisão para assistir ao jogo do Flamengo, mas consegui ouvir os gritos de gol dos vizinhos e pude comemorar no melhor estilo morta de cansada – sem falar nada e sem deixar de comer, apenas dando um sorrisinho de canto de boca. O vinho também caiu muito bem – apesar de gostar mais do branco para acompanhar o japonês – e foi perfeito para relaxar e ajudar a ter uma noite de sono tranquila longe de casa.

Recomendo muito o Japa Jato e espero que eles pensem em abrir uma franquia em Niterói, pois somos um pouco carente de um bom Delivery de japonês, não acham?

Veja mais posts sobreBarra da Tijuca Japa Jato japonês restaurentes