05 de Novembro de 2015

O Melhor Trabalho do Mundo

Acredito que cada um teria uma resposta diferente ao ser perguntado: Qual seria o melhor trabalho do mundo para você? Alguns diriam que seria algo relacionado a viver viajando, outros iriam preferir um trabalho que não precisasse sair de casa, degustadores de cervejas ou vinhos, “caseiro” de uma ilha, guarda florestal de um paraíso, ou sei lá que tantos outros empregos criativos vocês responderiam.

Curiosa, fiz essa pergunta para minha prima e o marido dela e pedi que respondessem sem pensar muito:

“Queria alguma coisa para viver cozinhando” – respondeu minha prima.

“Até parece que você ia gostar de ficar no calor de uma cozinha o dia inteiro” – ponderou o marido.

“Hum… Verdade! Então, ia querer alguma coisa com bebês”

Bom, achei melhor desistir da minha prima, pois ela não entendeu bem o conceito de melhor trabalho do mundo. Mas o marido dela na mesma hora respondeu:

“Seria trabalhar e viver na Disney”.

Uma boa pedida para quem ama um mundo mágico e divertido. Parques, brincadeiras, alegria o dia inteiro não é nada mal.

Mas você deve estar se perguntando – Fernanda, por que você resolveu falar sobre isso hoje?

casa julieta

Já falei aqui no blog sobre Cartas Para Julieta e o motivo da “filosofia Fernandesca” de hoje é mais uma vez esse filme. Se vocês me perguntassem: Qual seria o melhor trabalho do mundo para mim, com toda a certeza eu responderia: ser a secretária da Julieta.

Não estou falando aqui dos melhores salários, nem nada do tipo. A ideia de se fazer essa pergunta é apenas imaginar com o que você sentiria o maior prazer em dedicar tantas horas do seu dia. E pensando nisso, esse seria o emprego ideal para mim. E ele existe!

Cartas Julieta

Todos vocês sabem que eu amo escrever, também sou quase uma conselheira sentimental das minhas amigas com o coração partido – elas costumam dizer que amam os meus conselhos – e sou uma leitora voraz. Para ser uma secretária da Julieta, teria que reunir essas minhas três habilidades e paixões para poder trabalhar bem. E o melhor? Precisaria morar em Verona para isso. Tem trabalho mais romântico e perfeito que esse? Acho que não. Pelo menos para mim.

Já me peguei diversas vezes sonhando com isso. Imagino como seria receber cartas de amores impossíveis, perdidos ou não correspondidos e como responderia para as apaixonadas ou apaixonados de todo o mundo. Quais conselhos dar? Quando dizer que é melhor esquecer ou que o ideal é ir atrás da tal paixão? Não tenho dúvidas de que me emocionaria com cada letra, com cada história enviada. O pensamento voa e consigo até mesmo idealizar como seria quando a pessoa encontrasse uma resposta da Julieta – que no caso seria eu!! – com um conselho para aquecer o coração.

dear juliet

Em um mundo tão egoísta que vivemos hoje, saber que existem pessoas que trabalham respondendo cartas de amor é muito, muito especial. Ficaram curiosos sobre as secretárias da Julieta? Entre aqui e conheça um pouquinho sobre elas! Tem o endereço também da casa da Julieta em Verona. Se estiver com o coração partido, envie a sua cartinha e me conta depois como foi a resposta. Ah, e se quiser fazer a minha felicidade, também vou adorar conhecer a sua história. Pode me contar! Quem sabe inspirada pela Julieta eu não tenha um conselho para o seu coração partido?

E para você? Qual seria o melhor trabalho do mundo?

julieta