29 de Janeiro de 2016

O sonho do primeiro livro

Diariamente recebo mensagens de pessoas me perguntando sobre como publicar um livro. As perguntas são as mais variadas e algumas até mesmo divertidas. É fácil? Você pode me indicar para a sua editora? Quanto você pagou? Você está rica? Escreve um livro sobre mim? Acha legal a publicação na Amazon?
Bom, depois que publiquei o meu primeiro romance – Louca Por Você  – percebi que são muitos aqueles que também sonham em ter um livro publicado.
Fernanda perfil
Quando decidi escrever a minha primeira história, sabia que teria uma longa jornada pela frente. Não conhecia nada nem ninguém para me orientar. Não tinha contato em editoras, não conhecia escritores e não sabia o que teria que fazer depois que colocasse o último ponto final no meu livro. Mesmo assim, arregacei as mangas, sentei no computador e passei seis meses escrevendo o meu primeiro romance. Ah, que sensação gostosa! Era delicioso ver como os personagens conversavam comigo. Adorava mergulhar no mundo que estava criando. Isso é  essencial para quem quer ser escritor: o prazer.
Depois de tudo pronto e revisado, é muito importante entregar para alguém fazer uma leitura crítica da sua obra. Pode ser um profissional ou alguns leitores. Como não conhecia nada, escolhi a primeira opção e fiz um trabalho muito bacana com uma jornalista que me orientou em diversos capítulos. Todo esse processo levou mais um ano e somente no final de 2010 enviei o meu livro para as editoras.
Nesse momento, também fiz tudo por conta própria. Pesquisei editoras que tinham o perfil do livro que tinha escrito e procurei nos sites como enviar o original. Recebi a primeira carta com o primeiro não. Não fiquei nem triste nem desanimada. Ninguém disse que seria fácil. Acreditei até o fim e recebi o meu primeiro sim da Novo Século.
A publicação do livro foi um dos momentos mais mágicos da minha vida. Ver o meu romance ao lado de tantos autores que sempre amei… Foi incrível! E tudo o que aconteceu desde então foi como realizar um sonho a cada dia. Mensagens de leitores, cartas, presentes, e-mails… Tudo é especial pra caramba! Participar da minha primeira Bienal, fazer eventos, divulgar o prazer de ler em escolas… Perfeito!
Nesses quatro anos muita coisa aconteceu. Experimentei a Amazon e fiquei entre os mais vendidos durante um bom tempo, conheci vários escritores, assinei contrato com uma editora linda – Valentina  e lancei o meu segundo livro – Ah, o verão!
Se você quer ser escritor, não pela fama, por dinheiro, mas pela paixão por esse mundo tão delicioso… Não desista com as dificuldades. Acredite e corra atrás. “Quem acredita sempre alcança!”.
Veja mais posts sobreautor escrever livro livros primeiro livro