18 de Maio de 2016

Se Pudesse Viver Minha Vida Novamente – Citações de “Rubem Alves

Se você ainda não leu “Se Pudesse Viver Minha Vida Novamente” de Rubem Alves, leia. São crônicas maravilhosas que deixam a gente com vontade de guardar a maioria das palavras no coração. Me identifiquei demais com ele, com a maneira de pensar e também com algumas opiniões sobre política e educação. Rubem Alves mexeu tanto comigo quanto Saramago. São dois autores que eu queria ter tido a oportunidade de conhecer. Uma pena que eles já não estão mais por aqui. Ao longo do livro eu fiz algumas anotações das citações que mais gostei e é claro que vou contar quais são para vocês.

Rubem Alves Se pudesse viver minha vida novamente

“É melhor escrever errado a coisa certa do que escrever certo a coisa errada.”

“A morte exige brevidade de palavras, porque o tempo é curto. E sendo curto o tempo, as palavras devem dizer o essencial.”

“Tudo o que escrevo é sempre uma meditação sobre mim mesmo.”

“Que tempos são esses, quando falar de árvores é quase um crime, pois implica silenciar sobre tantas barbaridades?”

“Imagine uma política que nascesse da beleza. Lutam melhor os que têm belos sonhos. Somente aqueles que contemplam a beleza são capazes de endurecer sem nunca perder a ternura”

“Guerreiros ternos. Guerreiros que leem poesia. Guerreiros que brincam como crianças”

“E que outra maneira existe de se comunicar com as pessoas comuns senão simplesmente dizer as palavras que o amor escolhe?”

“Toda alma é música que se toca. Se alguém, lendo o que escrevo, sente um movimento na alma, é porque somos iguais. A poesia revela a comunhão”

“Ninguém consegue tirar das coisas, incluindo os livros, mais do que aquilo que ele já conhece. Pois aquilo a que alguém não pode chegar por meio da experiência, para isso ele não terá ouvidos”.

“Nas escolas se formam os rebanhos e ovelhas, todos pensando igual. Ovelha que pensasse diferente, ia para o manicômio ou era reprovada”

“Escola é uma coisa sarnenta. Fosse terrorista, raptava era diretor de escola e dentro de três dias amarrava no formigueiro, se não aceitasse minhas condições. Quando acabarem as escolas, quero nascer outra vez” Adélia Prado citada por Rubem Alves.

“Escola é máquina de destruir crianças. Nas escolas as crianças são transformadas em adultos. É isto que todos os pais querem: que seus filhos sejam adultos produtivos. Como ficam felizes quando eles passam no vestibular!”

“Toda saudade é uma espécie de velhice”. Riobaldo citado por Rubem Alves.

“Os silêncios são sempre embaraçosos porque nunca se sabe o que o outro está pensando”.

“Os pensamentos que nascem do fogão são são os mesmos que vivem no espelho”

“Sabe-se que o visível é mentiroso: fachada”

“Parece estranho, mas o fato é que memórias são também objetos que acumulamos. Estão guardados no nosso tesouro. Quando eu morrer, vão se perder. Mas não quero que se percam. Tenho de dá-las para alguém que tome conta delas. Aí me vem a aflição por escrever. Quando escrevo, estou lutando contra a morte”

“Só se pode tirar de uma coisa o tanto que se pôs nela”

“Sonhar é uma forma de viver”

“As explicações acabam com as sombras e com o encanto”

“As crianças verdadeiramente crianças ficam felizes por pouca coisa. E isso porque elas possuem o poder mágico de transformar aquilo que é nada em algo que é muito. Pelo poder da imaginação um cabo de vassoura se transforma em um cavalo”

“A tristeza torna as pessoas mais ternas”

“Artistas são feiticeiros que tentam paralisar o crepúsculo. Eternizar o efêmero”

“As perguntas nascem sempre das nossas feridas.”

“Como escritor, eu só fotografo, com palavras, o que vejo” – Charles Bukowski citado por Rubem Alves.

“Quem tem rotinas não precisa tomar decisões. A vida já está decidida.”

“O bom da literatura é que ela nos faz viajar por tempos e lugares aonde a gente nunca foi e nunca irá. Mesmo porque as coisas que existem na literatura não existem na realidade. A literatura tem os poderes dos deuses: ela faz existir coisas que nunca existiram e chama as coisas que não são como se fossem”.

“As coisas que não existem são mais interessantes”.

“A literatura faz possível viajar por dentro sem ter de sair do lugar.”

“O que eu sou tem muito a ver com o que li”.

“Nem mesmo falamos a mesma língua, embora usemos as mesmas palavras”.

“O mundo dos escritores não é o mundo dos gramáticos”

“A alma é o lugar onde o amor guarda o que não aconteceu, sob a forma da imaginação, para que aconteça sempre.”

“A alma chora pelo que não existe”.