22 de Janeiro de 2017

Hangar 16 Gastrobar em Niterói – Conhecemos e amamos

Já tinha algum tempo que eu queria conhecer o Hangar 16 Gastrobar, mas sempre acontecia alguma coisa e não dava para a gente ir. Tinha visto umas propagandas sobre ele no Facebook e tinha ficado curiosa. Uma vez passamos na frente, achei super fofo e fiquei doida para ir lá. Finalmente, ontem a gente conseguiu e valeu muito a pena.

O Hangar 16 fica pertinho de todos os outros bares da Rua Nóbrega, ele fica logo na pontinha entre a Leandro Mota e a Mariz e Barros. Fomos dar uma volta com a Valentina e eu sugeri: Vi, se eles aceitarem cachorrinho por lá, vamos conhecer? Vinicius topou na hora e lá fomos nós.

Assim que chegamos, já fomos super bem atendidos por um garçom muito simpático, que não só disse que poderíamos ficar por lá com a Valentina, como também levou água para ela. Não é um amor? Estávamos com vontade de comer hambúrguer, mas como o Hangar 16 é cheio de petiscos, decidimos também experimentar pelo menos um.

São muitas opções que parecem ser deliciosas! Nós ficamos com muita vontade de experimentar algumas delas, como as tiras de filé mignon com molho de cerveja Stout, acompanhada de cestinha de pão, Vinicius também cresceu o olho para o bolinho de arroz com ragu de carne (ou cordeiro? Não lembro) e mussarela de búfala, pastel de camarão, camarão empanado e por aí vai… Mas acabamos optando pelo croquete de carne – que nós dois amamos!!

Enquanto a gente esperava, degustamos um chopinho Noi super gelado. Sério, com o calor que está fazendo, aquele chopinho, naquela temperatura, estava realmente uma maravilha. O croquete chegou e conquistou a gente de vez.

Eu já estava satisfeita – o croquete é muito bem servido, vem 12 -, mas Vinicius resolveu experimentar também o hambúrguer. Pedimos o de picanha, acompanhado de batata frita. Hummmmmmmm… É claro que não poderia deixar de provar. Comi um pedaço do hambúrguer do Vi e adorei!! É bem temperadinho, muito gostoso mesmo.

O Hangar 16 conquistou nosso coração! Risos! Quero levar nossos amigos lá em breve. A gente se acostuma a ir nos lugares de sempre e acabamos perdendo o que tem de novo bem pertinho da gente. Voltarei muitas outras vezes para experimentar todos os petiscos do cardápio e também para provar o Gim Tônica – que eu amooooooo!!! – e que pouquíssimos bares de Niterói oferecem na carta de drinques – só conheço o Deck Jardim e o Vèlo.

Ah, e esqueci de dizer que eles colocam uma caixinha de som tocando muita música boa e no volume ideal. Não atrapalha nenhuma conversa e anima o ambiente.

Como sempre digo para vocês, tudo o que é bom eu adoro compartilhar! Então, fica a dica e o convite para que todos possam ir lá conhecer esse novo barzinho de Niterói. Os petiscos são deliciosos, a carta de drinques é bem bacana, o serviço é ótimo e o chopp é bem geladinho. Hangar 16 é uma ótima pedida.

 




Veja mais posts sobrebar cerveja dica Hangar 16 Niterói rio de janeiro
04 de Julho de 2016

Vélo, Dona Cevada e MeatPacking – Novas opções gastronômicas em Niterói

Essa segunda-feira, mais do que nunca, precisa ser o início de um projeto verão. Afinal, a semana que passou foi uma semana intensa de experiências gastronômicas e depois de comer tanto com a desculpa de que precisava experimentar para contar aqui no blog, preciso urgente fechar a boca e entrar na dieta. Mas para compensar toda a comilança, vou contar um pouquinho para vocês sobre os novos restaurantes / bares que abriram em Niterói: Vélo, Dona Cevada e MeatPacking.

Vélo

Vélo

Na quarta-feira passada – preciso lembrar de só fazer isso nos finais de semana!!! -, fomos com minha mãe e amigos conhecer o Vélo, que inaugurou um dia antes. É um ótimo lugar para quem quer comer uma massa deliciosa e bater um papo regado com bons vinhos – bebemos dois MARA!!!!! Um Primitivo (amo essa uva!) e outro espanhol, Las Ocho.

Para comer, começamos com um espaguete à bolonhesa que estava uma delícia e vem bem servido. Se você não tiver MUITA fome, dá tranquilamente para dividir para dois. Depois, petiscamos um pãozinho com um molho divino, pata negra e para finalizar, comemos a melhor lasanha que eu já comi na minha vida. Imaginem uma massa bemmmmmmmmmm levinha. Era exatamente assim. Gostosa demais! O melhor é que as massas não são caras. O preço é ótimo para quem quiser ir para um lugar diferente e comer uma comidinha boa. Os pratos custam em média 40 reais.

O restaurante fica na Av. Sete, na frente da Rua Nóbrega.

Dona Cevada

Já na sexta-feira, estávamos com vontade de comer hambúrguer e eu quis conhecer o Dona Cevada, que é uma barzinho novo de cervejas nacionais e importadas. Quando chegamos, descobrimos que era o lançamento do chopp Máfia e que por esse motivo, o barzinho estava LOTADO. Mesmo assim, conseguimos uma mesa no segundo andar.

Gostamos bastante do aperitivo de linguiça recheada com provolone. Estava DELICIOSO!! Também gostamos bastante do Chopp Máfia. Ele tinha um gostinho meio frutado, bem levinho, era do tipo Lager. Agora, para tudo para falar do hambúrguer!! Eu achei BOM DEMAIS!!!! Escolhi o Dona Canibal e AMEI!! Vinicius pediu o Dona Animal, não curtiu tanto, pois ele achou que vem gorgonzola demais e fica um pouco enjoativo, mas para quem AMA esse queijo, não tem erro. Nosso amigo pediu o Dona Costela e curtiu também bastante o dele. A carne era muito macia!! Uma delícia!!

hambúrguer Dona Cevada

Mesmo cheio, os donos foram bastante atenciosos com a gente e ficamos com vontade de voltar para degustar outras cervejinhas e para comer os outros petiscos.

Meatpacking

Minha Nossa Senhora da gordice!! Como comemos no domingo! Depois de passar na frente e achar o restaurante bem bonitinho, ficamos com vontade de provar, pois tanto eu quanto o Vi e os nossos amigos, somos apaixonados por cortes argentinos de carne. O problema é que não soubemos escolher apenas um e decidimos experimentar tudo de uma vez. Pedimos Ojo de bife, bife ancho, picanha argentina, Ribeye, pão de alho e coração. Um exagero de tanta comida!!

Meatpacking carnes

Mas vamos lá. Vale a pena?

Pelo churrasco, vale sim. Estava tudo bem delicioso, menos a picanha, que achamos durinha e não sabemos se foi a peça ou o jeito de assar na churrasqueira. Todas as outras estavam maravilhosas. No início, pensamos em não pedir acompanhamento. Para quê, né? Já tínhamos pedido o mundo de carne. Mas parecia que todo mundo queria tirar a barriga da miséria e aí foi uma chuva de acompanhamentos.

A farofa de ovo veio gelada e salgada. Quando reclamamos, eles até trocaram, voltou quentinha, mas não era boa. O molhinho estava ok e também pedimos uma batata assada com queijo e bacon – não disse que exageramos? – que estava uma delícia.

Meatpacking

Nós amamos o ambiente, a cervejinha gelada e o churrasco. É um lugar que pretendemos voltar outras vezes para comprar carne e levar para casa – tem 25% de desconto de terça a sábado – e também para comer lá, claro!

Veja mais posts sobre cerveja comer bem Dona Cevada gastronomia Meatpacking Niterói restaurante Vélo