15 de Maio de 2017

Encalhados – Netflix

Recebi por e-mail um aviso da Netflix de que eu poderia gostar do novo filme do catálogo – Encalhados. Curti a capa e pela sinopse, achei que seria um daqueles filmes que eu realmente gosto ver. Um estilo sessão da tarde, sabe?

“Megan tem 28 anos e muito medo de envelhecer. Ela conta ao namorado que vai a um seminário, de fato, está curtindo a vida com uma amiga adolescente”

Confesso que quase desisti de assistir umas três vezes, pois a história começa bem chatinha, lenta… Não é aquele tipo que já prende a gente desde o início. Mas acabei não parando pela metade e resolvi seguir com ele até o final.

Não é um filme maravilhoso! E nem mesmo é uma daquelas comédias românticas que nos fazem suspirar. O que me surpreendeu foram as quase cinco estrelas completas que Encalhados possui. Pois pelo menos para mim, passou bem longe de ser um filme de tão boa avaliação.

Do meio para o final, a história até começa a ganhar mais ritmo e tem uma questão bacana, que é o problema da protagonista de saber o que ela quer para a sua própria vida. Sinceramente, acho que a Netflix poderia me contratar para escrever essas sinopses. Não senti que a Megan tinha o tal medo de envelhecer, o que eu acho é que ela simplesmente não sabia o que fazer com a própria vida – quem nunca se pegou em um momento de incertezas profissionais? – Também não achei que ela estava “curtindo a vida com uma amiga adolescente”. A protagonista apenas aproveitou uma oportunidade do acaso, para tentar se conhecer melhor.

Como ela possui o mesmo namorado desde a época da adolescência, o mesmo emprego e o mesmo grupo de amigos, acaba se vendo em uma situação de não saber para que lado seguir. É como se ela tivesse simplesmente se acomodado com algo e nem tivesse percebido que a vida estava passando.

Encalhados não foi uma história que me convenceu e encantou. Mas ainda assim, não é de se jogar fora. O final é até “bonitinho”, daquele tipo meio bobo, que a gente até espera. Eu daria umas três estrelinhas para ele…

Veja mais posts sobreEncalhados filme filmes Netflix romance
16 de Abril de 2017

A 100 passos de um sonho – Netflix

Ontem assistimos A 100 passos de um sonho na Netflix e eu AMEI!! Confesso que li a sinopse duas vezes, mas desisti de ver, pois o filme tinha apenas duas estrelas – passarei a desconfiar agora dessas avaliações. Depois de duas desistências, acabei não resistindo. Deixei de lado a avaliação de outras pessoas e falei para Vinicius “vamos assistir pelo menos os primeiros cinco minutos”, se não prender a nossa atenção, a gente vê outra coisa.

Mas não foi preciso nem cinco, já estava presa ao filme desde o primeiro minuto. Amo histórias de superação, de gastronomia, de sonhos… E A 100 passos de um sonho fala sobre tudo isso.

“Um chef e sua família deixam a Índia para abrir um restaurante no sul da França, onde encontram um grande rival do outro lado da rua”

Essas sinopses da Netflix nunca representam realmente o que o filme é. Sim, essa rivalidade acontece, mas passa longe de ser a alma da história. O que mais me encantou em A 100 passos de um sonho foi ver como a paixão por uma coisa faz com que aquele mundo seja mágico para a gente. E é assim na vida real.

Algumas pessoas olham a comida e enxergam comida. Quem é apaixonado por gastronomia olha a comida e vê um mundo de possibilidades, aromas, temperos, histórias, sabores… O mesmo acontece com quem é apaixonado por vinhos. Já ouvi de pessoas que não bebem, que beber é pura modinha. Mas quem ama vinhos sabe que cada garrafa guarda uma história, um sabor único, várias vidas… E é o mesmo com o médico, com o professor, o bibliotecário e por aí vai… Claro que nem sempre todos os profissionais possuem esse fascínio pelo que fazem e por seus materiais de trabalho, mas quem escolhe a profissão por amor, vê magia em tudo o que faz.

E A 100 passos de um sonho mostra exatamente isso. Como uma pessoa que nasceu para fazer determinada coisa – nesse caso a gastronomia – abraça o dom que tem e vive buscando aprender mais e mais, sempre aposta em sua intuição, acredita no seu talento e se reinventa todos os dias.

É um filme muito gostoso de assistir – literalmente -, leve, engraçado, fofo e que nos deixa morrendo de fome – risos!! O cenário também é maravilhoso – só ficava falando para Vinicius “tá vendo!! É em um lugar assim que eu quero morar”!!

Então, esqueçam as poucas estrelinhas de A 100 passos de um sonho e não deixem de assistir. Vale a pena!!



Veja mais posts sobre A 100 passos de um sonho chef filme filmes gastronomia Netflix