21 de Setembro de 2016

Meus Votos de casamento




Estava dando uma limpa no meu e-mail e acabei encontrando meus votos de casamento. Ah, deu uma saudade tão grande daquele dia tão lindo! Sabe, nesse momento, depois de tantas separações que assustaram as pessoas (Fátima e Bonner e Brad e Angelina), fico pensando sobre o amor. Muitas pessoas acham que existe o casal perfeito e não é bem assim que funciona. Casamento não é um conto de fadas, mas pode chegar perto disso se tanto o homem quanto a mulher resolverem que assim deve ser. Uma história feliz não acontece como mágica. É necessário companheirismo, amor, cumplicidade, amizade, respeito, vontade e é importante que os dois se conheçam muito bem, para que o carinho e a admiração estejam sempre presentes.

Então, como espalhar o amor nunca é demais, resolvi compartilhar aqui com vocês os meus votos. Quem ainda não leu ou não viu, que sirva de inspiração para o amor. =)

Votos casamento

30 de maio de 2013

 No dia da cerimônia, acabei mudando umas coisinhas para que não ficasse tão longo. Se você ainda não viu e quiser ver como ficou meus votos de casamento, é só assistir!

Ah, também tem os votos de casamento do Vi. Quer ver?

E se você não sabe como a nossa história começou, contei tudo aqui. 

 

 

Veja mais posts sobreamor casamento casar namoro relacionamento relacionamentos vida a dois votos casamento
02 de Julho de 2016

Um dia você vai se arrepender

Tenho certeza que um dia você vai olhar para trás e pensar “será que eu fiz a coisa certa quando decidi partir?”. No momento que pensar isso, vai perceber que já é tarde demais. Da mesma maneira que me entreguei de corpo e alma a tudo aquilo que estávamos vivendo, também me entreguei para a dor da sua partida. Vivi cada uma das duas coisas da maneira mais intensa possível. Não, não pense que estou desejando algo de ruim para você, mas tenho certeza que um dia você vai se arrepender.

Um dia você vai se arrepender

Um dia você vai olhar para trás e vai lembrar que conheceu uma garota que te olhava nos olhos como se você fosse único, como se nenhuma outra pessoa tivesse existido antes de você e como se nem fosse possível existir outra depois. Vai lembrar de como eu ficava feliz com a sua presença, com qualquer mensagem que enviasse para mim a qualquer hora do dia, por mais boba que ela fosse.

Um dia você vai olhar para trás e vai lembrar de todas as vezes que eu fiquei triste, chorei e pedi para você ficar. Vai lembrar de como me sentia sozinha e de como você me fazia bem, quando não tinha mais ninguém ao meu lado. Vai lembrar de todas as vezes que me abraçou e disse o quanto eu também fazia bem para você, mas que mesmo assim você não queria se envolver demais, pois sabia que teria que ir embora e não queria se machucar.

Um dia você vai olhar para trás e vai lembrar das nossas conversas, da nossa lista de música, das cartas que escrevi com todo o meu coração e que recebi em resposta um olhar emocionado, mas nenhuma palavra que alimentasse todo aquele meu sentimento. Sabia pelo seu olhar que por mais que você dissesse que não queria sentir, que você sentia. Mesmo assim, durante todo aquele ano você não se entregou completamente como eu me entreguei.

Um dia você vai olhar para trás e vai pensar o que eu sempre pensei quando você ainda estava aqui. Vai pensar em tudo aquilo que não fizemos simplesmente porque não tivemos tempo. Em tudo o que poderia ter sido se você não tivesse ido embora. Em tudo aquilo que ficou por dizer.

E é exatamente nesse momento que você vai se arrepender. Vai olhar sua almofada, que provavelmente já não vai mais estar em cima da sua cama, mas em algum armário, amassada e escondida de suas namoradas que vieram depois de mim e vai sentir uma saudade que não vai caber no seu peito. Vai pensar em mim e, quem sabe, vai até me mandar uma mensagem, puxando um assunto qualquer, apenas para ver como eu vou responder. De repente, vai me dizer que tudo o que vivemos merece pelo menos uma amizade, pois foi especial demais e algo que você nunca viveu igual depois.

Mas quando esse momento chegar, já não vou ser mais a mesma garota que você conheceu. Depois que você foi embora, vivi a tristeza da sua partida exatamente como vivi a felicidade de ter você comigo. Foram meses sem vontade de comer, de sair e de conhecer outras pessoas. Foram meses acordando de madrugada para chorar, ouvindo meus amigos dizer que eu precisava sair daquela tristeza e viver. Foram meses até eu conseguir deixar você ir embora de vez dos meus pensamentos e entender que aquilo foi apenas uma história. E aos poucos eu fui conseguindo, fui melhorando e escrevendo novas páginas da minha vida. Você ficou lá atrás. Já não é mais nada além de uma lembrança. Já não dá mais frio na barriga, já nem mesmo me encanta com o seu olhar, sua voz ou seu sorriso.

Já e tarde demais.

Um dia você vai se arrepender.

*Essa é uma carta inspirada em uma história real de alguém que conheço, mas é para todos aqueles que sofreram quando alguém decidiu ir embora.

Veja mais posts sobre amor coração partido final de namoro namoro relacionamento relacionamentos se arrepender