23 de Março de 2017

Entardecer no Gragoatá – Niterói

Um dos lugares mais bonitos de Niterói é o Gragoatá. Caminhar pelo calçadão, sentar em um dos quiosques para tomar uma água de coco e ficar contemplando a vista maravilhosa do Rio de Janeiro e também da nossa cidade, é uma delícia.

Essa é uma das coisas que eu mais gosto de fazer – ir para o Gragoatá no entardecer. Fico completamente apaixonada pela vista. Posso ir todos os dias sem enjoar. É como se a cada novo dia, uma nova pintura acontecesse bem ali, na minha frente. A cada piscar de olhos, novas tintas são jogadas na tela.

O dia hoje não estava dos mais limpos, mesmo assim pedi para Vinicius ir comigo ver o pôr-do-sol. Mesmo com as nuvens o entardecer no Gragoatá foi lindo e rendeu fotos maravilhosas.

Entardecer no Gragoatá

Ah, a igrejinha da Ilha da Boa Viagem! Mesmo morando em Niterói há 34 anos, eu nunca fui nessa igrejinha – ela ficou fechada durante vinte anos e reabriu para visitação no ano passado, mas não sei se continua. Vou buscar essa informação tanto para visitar, quanto para contar para vocês.

Pelo que eu andei pesquisando, acho que essa ilha da Boa Viagem divide o bairro da Boa Viagem do bairro Gragoatá – me corrijam se eu estiver errada!! =) – . Sempre achei essa igreja linda, mas nunca soube a história dela. Apenas recentemente eu descobri que a Igrejinha que fica no topo da ilha é virada para o mar, pois no século XVIII, os padres davam dali do alto as bençãos para os marinheiros que iam seguir viagem. Lá também aconteciam despedidas das famílias dos militares que ficavam acompanhando a saída deles pelo mar.

Até a Valentina se apaixonou pela vista da cidade! Ela não é boba, né? Ama passear pelo Gragoatá! <3

E o MAC? Tão lindo!!

É até difícil parar de fotografar, né?

Tem também os pequenos detalhes…

Atrás dessa ilha também existem ruínas de um pequeno forte, erguido entre 1690 e 1702, que servia como ponto de observação para a defesa do litoral e controle de navegação na Baía de Guanabara. Você sabia? Não tenho certeza, mas desconfio que essas escadinhas devem ter feito parte dele.

Surra de foto e impossível escolher uma só! Gragoatá e Boa Viagem… <3

O céu não estava limpo, mas as nuvens não deram todo um charme?

Nem Vinicius resistiu e também fez os registros dele…

Esse céu rosinha… <3

A Valentina gostou tanto, que mesmo quando estávamos no carro, ela continuou observando a paisagem. Quem resiste, não é mesmo?

Foram MUITAS fotos!! Tudo que é bonito vale a pena compartilhar. Esse é um programa que você não precisa de dinheiro para curtir e é lindo demais!! Sozinho, acompanhado… Não importa! Passear pelo Gragoatá, pela Boa Viagem é um colírio para os olhos e uma maneira de sentir aquela felicidade gostosa. É um passeio que faz bem para a alma e para o coração.



Veja mais posts sobreBoa Viagem fotos Gragoatá Niterói Turismo viagem viajar
13 de Março de 2017

Itaipava, foi um prazer conhecer você!

Depois de uma semana chata, tudo que eu mais queria era relaxar, repor as energias, ficar mais distante das redes sociais, de estresse, de qualquer tipo de chateação. Então, arrumamos as malas e lá fomos nós para as montanhas. O destino? Itaipava.

Já conhecia Itaipava de passagem e passeios de um dia só. Quando era mais nova, meus pais adoravam o shopping da cidade e eram vários os finais de semana que passávamos o dia por lá.

Depois, Itaipava se transformou em uma paradinha básica quando Vi e eu estávamos indo para a casa da família dele em Paraíba do Sul. Mas nesse final de semana, pela primeira vez, Itaipava deixou de ser uma paradinha e se transformou no nosso destino de três dias.

E o que eu achei? Que precisava de uma semana inteira – ou mais. Não é aquela cidade cheia de pontos turísticos – na verdade, é só dar um pulinho em Petrópolis, que fica bem ao lado, para que cada esquina seja um flash – afinal, o que mais tem lá são pontos turísticos. Mas em Itaipava não é bem assim.

Então, por que raios você precisaria de uma semana na cidade, Fernanda?

Porque eu não tenho estômago suficiente – e olha que o meu é grande – para conseguir experimentar todas as maravilhosas opções gastronômicas da cidade em apenas três dias!

Gente, são tantos restaurantes – fofos, recomendados, bonitos, lindos e com excelentes opções -, que você fica até meio perdido.

Voltei com a sensação de que poderia explodir de tanto comer. Foram vários restaurantes deliciosos – vou contar sobre todos eles ao longo da semana -, e a gente fica com vontade de voltar logo para conhecer os que não fomos e para repetir os que amamos – que foram todos!

Mas você queria ficar mais uma semana só para comer mais?

Não apenas por isso.

Ficamos hospedados no Quality Hotel Itaipava, que fica localizado dentro de um condomínio enormeeeeeeeee, com segurança 24h por dia. E eu fiquei com vontade de morar naquele lugar – vamos fazer uma amizade sincera, Quality? -. O hotel tem uma piscina daquelas que a gente ama!!! O quarto tem uma cama perfeitaaaaa e o café da manhã é tão cheio de coisas gostosas… Que realmente não dá vontade de ir embora – depois eu conto mais sobre ele por aqui.

Só sei que voltei totalmente revigorada e com gostinho de quero mais.

Agora estou novamente com 100% de bateria – mental e física – depois de um final de semana ao lado do amor da minha vida, em um hotel maraaaaaa e com restaurantes que vão deixar saudades.

Itaipava, sua linda, espero que a gente não demore muito a se reencontrar. Foi um enorme prazer descobrir que você é muito mais do que um ponto de parada, você é ótima para quem ama sossego, segurança, decoração e uma boa gastronomia. Nós adoramos você.



Veja mais posts sobre Itaipava O que fazer rio de janeiro serra Turismo turistando viagem viajar