25 de Julho de 2016

Viajar de carro com cachorro – Como foi nossa experiência com a Valentina

Desde que pegamos a Valentina, já viajamos algumas vezes, mas sempre deixamos nossa cachorrinha com minha mãe, pois ficávamos preocupados com a segurança dela. Nesse final de semana, era aniversário do pai e do irmão do Vi e acabamos decidindo levar ela para a casa da minha sogra, em Rio das Ostras. Vou contar para vocês como foi viajar de carro com o nosso cachorro.

viajar com cachorro

Confesso que senti um medinho. Fiquei na maior dúvida se valia mesmo ou não a pena viajar com nosso cachorro – a Valentina. Tive um milhão de preocupações. Ela ama andar de carro, mas como sempre fazemos passeios curtos, para lugares próximos, ela sempre vai no banco da frente, comigo, olhando a janela. Mas como seria pegar a estrada com ela?

O irmão de Vinicius me falou que tinha visto uma cadeirinha de cachorro para colocar no carro e eu comentei com a minha mãe. Ela foi no Pet que a Valentina frequenta e o veterinário dela disse que mais útil, barato e prático que a cadeirinha, era um cinto de segurança que prende na coleira e no cinto do carro. Adoramos a ideia e resolvemos testar. O resultado? AMAMOS!!

Valentina foi e voltou sem nenhum problema. Ela viajou sozinha no banco de trás do carro e amou. Você pode regular o tamanho que quer dar de espaço para o cachorro. Com o espaço que demos, a Valentina conseguiu olhar a janela quando quis – e ela ficou um bom tempo olhando os novos cenários – e também passou boa parte da viagem dormindo, sem dar trabalho nenhum.

Fiquei tão feliz!!! Agora, só quero saber de viagens para hotéis que aceitam cachorrinho, pois depois de ver como ela é parceirinha, não quero nunca mais deixar ela para trás. Fica a dica do cinto para todos vocês. É uma maravilha para viajar com o cachorro no carro.

Veja mais posts sobrecachorrinho cachorro Cachorro no carro Valentina viagem viajar viajar com cachorro